Meio ambiente

A preservação do lugar que você escolheu

Buscar a paz e refletir sobre a perda de alguém que amamos podem ser mais suaves quando estamos em meio à natureza. Um local de harmonia precisa levar o cuidado ambiental a sério.

O Memorial Parque dos Girassóis nasceu a partir de um novo conceito de cemitério, que integra paisagismo, arquitetura e sustentabilidade.

Em mais de 240.000 m², destinamos mais de 100.000 m² exclusivamente à preservação da natureza. E para chegar neste modelo, os critérios de avaliação dos estudos ambientais e os cuidados na implantação do Memorial Parque dos Girassóis foram planejados de acordo com o Relatório de Análise de Risco Ambiental Municipal. Nesta avaliação são levados em conta os fatores ecológicos da região: tipo de solo e relevo, flora, fauna e até aspectos econômicos sociais e culturais, buscando minimizar totalmente os impactos ao meio ambiente.

A partir deste estudo, o Memorial tomou uma série de ações para preservar a excelência ambiental de toda sua área. A primeira delas foi preservar o fragmento de reserva florestal contido em suas dependências e reflorestar a margem do córrego Retiro Saudoso, que está ainda mais arborizado com cerca de 10 mil mudas de espécies nativas. Também criamos o projeto Verde Vida, que incentiva os familiares a plantarem no local uma árvore em homenagem ao seu ente querido. Além disso, atuamos protegendo e instalando passagens de fauna, conservando assim a riqueza arbórea. Para garantir a preservação em todos os níveis, como os lençóis freáticos, contamos com um rigoroso sistema de controle de contaminações.

Outra medida é produzir todo o adubo a partir de folhas secas e com restos de poda das próprias árvores. O lixo orgânico gerado em nossas dependências é transformado em fertilizante nas composteiras especiais.


Sistema Fotovoltaico

Nosso compromisso com a sustentabilidade também está presente na geração de energia limpa.

O Memorial Parque dos Girassóis instalou 140 placas para captação de energia solar, o maior sistema fotovoltaico de Ribeirão Preto e região. Com capacidade de produção de 70.000 KW/h por ano, evita a emissão de 38 toneladas de CO², o que equivale a 252.000 km de rodagem de veículos anualmente. Além de se tornar autossustentável, a produção de energia no próprio local reduz a construção de rede de distribuição e a consequente redução em cadeia de outras energias para sua instalação.



topo